SERVIÇO DE DIVULGAÇÃO DA CULTURA NORDESTINA LETRAS & ARTES

A Festa Literária Internacional de Ipojuca, a VI Flipo, maior festa literária do Nordeste, será realizada de 27 a 30 deste mês (setembro), trazendo como palestrante Antônio Carlos Secchin, escritor, crítico literário e membro da Academia Brasileira de Letras, e terá como grande homenageado, in memoriam, o sociólogo Gilberto Freyre. A programação da Flipo abre com recital de música clássica no dia 27 às 20h, pelo grupo Matéria Prima de Pernambuco, um dos grupos mais destacados do Estado e, em seguida, o presidente da União Brasileira de Escritores (UBE), Alexandre Santos fará o discurso inaugural, nos salões do Hotel Baía Branca, de Porto de Galinhas.

Segundo o presidente Alexandre Santos, a escritora Fátima Quintas será a grande homenageada do Encontro Pernambucano de Escritores, um seminário literário que integra a plataforma Flipo 2018. A terapeuta holística e artista plástica Giórgia Maciel está inscrita para fazer uma palestra no Espaço Outros Olhares, sob o tema Conexões de Cura. O professor Marcondes Andrade será o coordenador do Congresso, classificado pelo presidente da UBE como a apoteose das artes, citando como exemplo a saída do legendário Bloco da Mulher da Sombrinha, de Catende, que surgiu de um antigo mito e que fechará o evento no dia 30.

ANIMAÇÃO DO IMAGINÁRIO

Na visão de Alexandre Santos, a importância de um evento dessa ordem, a exemplo das demais festas literárias, é que a Flipo tem o poder de animar o imaginário de todos os que gostam de arte e da cultura em geral, e despertar as vontades da manifestação artística de todos aqueles que têm contato com a programação. “Mais uma vez, durante quatro dias de setembro, a Flipo vai converter Porto de Galinhas na Capital Nacional do Livro, da Literatura, da Arte e da Cultura”, assinalou ele.

Para Alexandre Santos, a Festa Internacional de Ipojuca dá suporte a várias coisas, tanto na abertura como no encerramento, trazendo nomes como os das autoras de livros infantis Colly Holanda e Margarete Cavalcanti, nos dias 29 e 30.

É bastante extensa a programação da VI Flipo, porém estribada, segundo Alexandre, na originalidade, trazendo 100 artistas, 32 artistas plásticos e 8 bandas. Os mínimos detalhes foram observados, e um deles é a realização paralela do Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, dia 29, que homenageará o escritor e artista plástico Melchiades Montenegro. O artista plástico Vandrade será o curador da Flipo.

Comentários Facebook