PROJETO VITRINE AUTORAL

A proposta de trazer o projeto Vitrine Autoral para a zona Norte do Recife é, sem dúvida, uma grande ideia do músico e produtor cultural João Natureza. O projeto, cuja estreia se deu ontem (29 de agosto), no Ponto de Cultura Nordestina, no Poço da Panela – bairro que surge a partir de um pequeno povoado pertencente ao Engenho Casa Forte, comandado por Ana Paes, no século XVIII, e que ainda guarda características da arquitetura colonial, ameaçada pela especulação imobiliária; bairro que abrigou a Associação Emancipatória Clube do Cupim, que alforriava, defendia e protegia escravos; bairro onde residia dona Olegarinha, esposa do abolicionista José Mariano, figura de grande relevância na comunidade negra do século XIX; bairro onde as famílias nadavam nas águas cristalinas do Capibaribe, “por entre os jardins risonhos, sob uma abóbada de frondosa vegetação silvestre” (Notas Dominicais – L. F. de Tollenare. Edupe. Recife, 2011); bairro inspirador, escolhido por artistas, escritores e poetas para morar, produzir e expor sua arte.

É neste cenário desafiador, que o Vitrine Autoral se propõe a mostrar a melhor música autoral produzida no Recife, às quartas-feiras, às 20h. E como escutar uma boa música requer um aparato que inclui som, iluminação e ambientação de qualidade, tudo isso é oferecido ao público, aliado aos comes e bebes – caipirinha, sucos, vinho, uísque, e petiscos preparados especialmente para a ocasião. Ontem, o destaque foi para o sanduíche Miolo de pote – pão de macaxeira, pasta verde, queijo, presunto e alface.

Dividir o palco é para quem tem o olhar voltado para o outro e não, apenas, para si. E é com essa característica, que o músico João Natureza produz, dirige e apresenta o Vitrine Autoral, dividindo o palco com Danylla Gouveia e Robson Faro, em seu programa de estreia. A cada semana, outros compositores serão convidados para brindar o público com suas músicas.

Vale a pena conferir. Você vai se surpreender, como eu me surpreendi.

Serviço:
Projeto Vitrine Autoral
Dias: quartas-feiras
Horário: 20 às 22h
Local: Ponto de Cultura Nordestina
Endereço: Rua Luiz Guimarães, 555, Poço, Recife
Ponto de referência: Museu do Homem do Nordeste / FUNDAJ (por trás)
Fone: (81) 3243-3927
Ingresso: R$ 20,00

Produção e direção: João Natureza

Comentários Facebook